Cardápio para lanchonete – dicas de como fazer e modelos

O cardápio é um elemento de grande importância em uma lanchonete ou qualquer outro estabelecimento que trabalhe com alimentação. Ele é a “carta de apresentação” da comida que você está servindo. Se tiver fotos, por exemplo, elas devem ser profissionais, caso contrário, vão afastar o cliente, ao invés de chamar a atenção.

Alguns critérios devem ser levados em conta na hora de criar um cardápio. Eles ajudam a vender mais e destacar os produtos mais rentáveis em uma área específica do menu.

Design

Esse é um dos critérios mais importantes na hora de se pensar em um cardápio. É o design que vai dizer a disposição de cada elemento, como preço, textos e imagens, de forma que fiquem em uma posição que facilite ao cliente encontrar determinado produto.

Você poderá escolher entre um cardápio de folha única, ou de folha dupla (tipo livrinho). O de folha única possui um entendimento mais fácil, é melhor de comparar os preços e possui uma posição de leitura sempre de cima para baixo.

Já no de folha dupla, a coisa é mais complexa. A leitura nesse tipo de menu sempre tem início no canto superior direito da página, como mostra o gráfico abaixo. Ou seja, coloque nessa área, os produtos que você considera mais rentáveis, ou os que mais chamam a atenção do cliente.

Preços

Na maioria dos casos, os preços em cardápios são sempre dispostos em uma coluna à direita da descrição do prato. Isso faz com que o cliente compare rapidamente todos eles e provavelmente escolha o que há de mais barato. Para evitar isso, e “camuflar” os preços mais altos, coloque o valor logo depois da descrição do prato (na mesma linha). Isso faz com que fique mais difícil comprar entre um e outro.

Algumas dicas adicionais

  • Se quiser dá uma vida ao cardápio, use cores que dão fome, como o vermelho, laranja e amarelo.
  • Os nomes de pratos mais compostos chamam mais a atenção e vendem mais do que os nomes “sozinhos”.
  • O ser humano possui uma visão muito frágil e focaliza a atenção em um determinado ponto só de ver algo diferente. Ou seja, se quer que algum prato seja mais visto pelos clientes, use de negrito, caixa alta e outros artifícios, mas cuidado para não afetar o Layout ou design.
  • Prepare mais de uma versão do seu cardápio, para que ele possa atender às mais variadas necessidades. Por exemplo, se você recebe muitos turistas em seu estabelecimento, crie uma versão em outra língua.

Modelos de cardápios para lanchonetes

 

Cardápio

 

 

Cardápio

 

 

Cardápio

 

 

Cardápio

 

 

Cardápio

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook