Biografia e algumas obras de Michel Montaigne


michel de montaigne

Michel de Montaigne foi um grande escritor francês do século XVII. Suas obras tratavam essencialmente dos costumes e dogmas do Homem, baseados na própria experiência do escritor.

Não sabe-se decerto a data de seu nascimento, mas algumas fontes afirmam que ocorreu em 28 de fevereiro de 1533 em Saint Michel Montaigne (Dordonha, França).

Formou-se em direito, exercendo sua função de magistrado em Périgoux e Bordeaux, ambas cidades francesas.

Entre os anos de 1557 a 1570 foi Conselheiro Parlamentar de Bordeux, momento este no qual conheceu um dos seus melhores amigos, La Boité.

No ano de 1574 deu uma grande prova de sua tolerância religiosa, isto após o Massacre de São Bartolomeu, onde milhares de huguenotes – praticantes da religião calvinista – foram mortos por católicos. Ele discursou prol da liberdade religiosa e atacou vorazmente a violência.

Aos 32 anos Michel de Montaigne casou-se com Françoise de la Chassaigne, com a qual teve seis filhos, dos quais apenas um sobreviveu.

Foi diversas vezes condecorado pelos reis da França e também conseguiu se tornar prefeito de Bordeaux em 1580.

Num dado momento de sua vida ele resolve se isolar em seu castelo para estudar e refletir sobre a vida.

Deste ato que surgiram as sua principal obra, os Ensaios, três volumes que tratavam do cotidiano do homem, buscando explicar determinados costumes a partir de máximas clássicas.

Neste livro Michel de Montaigne busca através de acontecimentos de sua vida tratar de assuntos como a vaidade do ser humano, a vergonha, a insegurança, entre outras complexidades que habitam a nossa mente.

Ensaios foi uma descrição dos complexos de Montaigne que é capaz de nos ajudar a compreender nossos próprios “monstros” internos.