Amnésia: o que é, sintomas, causas e tratamentos

Amnésia

O que é?

Caracteriza-se pela perda de memória, parcial ou total, podendo ser temporária ou não. Geralmente é reversível, mas há casos de doenças degenerativas, por exemplo, cujos danos são irreversíveis.

Pode ser classificada, de modo geral, em três tipos:

  • Amnésia anterógrada: é caracterizada pela incapacidade de lembrar coisas novas após a ocorrência de um trauma ou surgimento da doença que causou a amnésia. A pessoa lembra de fatos anteriores a esse trauma ou doença.
  • Amnésia retrógrada: neste caso, a pessoa lembra apenas fatos ocorridos depois do trauma, mas não consegue lembrar-se de informações que lhe eram familiares antes da ocorrência do trauma ou doença.
  • Amnésia Global Transitória: é um tipo de amnésia decorrente de um ataque isquêmico transitório, por exemplo, ou até mesmo por fortes enxaquecas. Caracteriza-se por uma confusão muito grande, um esquecimento súbito, podendo ser, em casos graves, uma amnésia retrógrada abrangendo vários anos passados. Essa amnésia faz com que a pessoa se sinta completamente desorientada e é assustadora para o paciente, mas tem excelentes chances de recuperação.

Sintomas

Os sintomas são vários e dependem da causa da amnésia, assim como a possibilidade de recuperação.

Causas

A amnésia pode ser causada por diversos fatores, entre eles, os mais comuns são:

  • Doenças degenerativas do Sistema Nervoso: O Sistema Nervoso Central vai se deteriorando progressivamente, sem chance de recuperação;
  • Danos a partes do cérebro responsáveis pelo armazenamento de memórias ou informações;
  • Infecções ao tecido cerebral, como encefalites;
  • Traumáticos: pancadas na cabeça ou traumatismo craniano;
  • Derrame cerebral;
  • Tóxicos: uso abusivo de álcool e/ou drogas;

Blackout alcoólico: acontece em casos de extrema intoxicação alcoólica e o indivíduo, apesar de continuar executando ações e manter conversações normalmente, ao ficar novamente sóbrio, não terá lembrança nenhuma do episódio. Geralmente ocorre aos alcoolistas crônicos, mas pode acontecer a quem bebe demais e rapidamente, principalmente se estiver cansado ou estiver de estômago vazio ao beber. A perda dessas lembranças no blackout alcoólico é irrecuperável.

Síndrome de Korsakoff: é uma encefalopatia induzida pelo álcool, um estado grave de amnésia em que há a impossibilidade de registrar novos traços de memória. A pessoa consegue fazer coisas muito complexas, desde que as tenha aprendido antes da amnésia, mas não consegue aprender novas tarefas mais simples ou novas habilidades.

A amnésia causada pelo alcoolismo, evolui a quadros dramáticos de doença degenerativa, acarretando problemas neurológicos. Alguns casos irreversíveis em que os movimentos do paciente se tornam descoordenados e a pessoa tem dedos de mãos e pés dormentes.

  • Psicogênicas: às vezes, ao sofrer certo choque ou trauma psicológico muito grave, a pessoa tem o esquecimento como forma de auto-preservação.

Tratamentos

O tratamento depende exclusivamente da causa da amnésia, sendo que, em alguns casos, como a amnésia global transitória, a recuperação total é possível, em outros, como a Síndrome de Korsakoff e em traumas graves, não.

Seja qual for o tipo de amnésia, o paciente deve fazer terapia e buscar se adaptar à nova realidade, utilizando outros modos de memorização para armazenar informações e levar a vida mais normal possível, mesmo que tenha perdido algumas lembranças.

Fontes de Informação

ABC da Saúde

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Daiane Silva

SiteTwitterFacebook