Aleijadinho: história e imagens de obras

O mestre das obras barrocas no Brasil, Aleijadinho, nasceu em Vila Rica, hoje conhecida por Ouro Preto (MG) por volta de 1730 (não há registros oficiais sobre a data). Batizado com o nome Antônio Francisco Lisboa era filho de um mestre-de-obras português, Manuel Francisco Lisboa, e uma escrava chamada Isabel. Não cursou educação formal senão a escola primária e desde seus tempos de criança tinha gosto pela arte, influenciado por seu pai que trabalhava como entalhador.

Por volta de 40 anos de idade, Antônio começa a desenvolver uma doença degenerativa nas articulações que foi deformando-o. Alguns apontam a doença como sendo sífilis, outros como lepra, ulceração gangrenosa das mãos e pés ou hanseníase. Concretamente se sabe que ele perdeu o movimento dos pés e das mãos, passou a andar de joelhos e a fazer arte com as ferramentas amarradas em seus punhos. Dessa condição, surgiu o apelido “Aleijadinho”. Dois anos antes de sua morte (em algum dia de 1814 em Vila Rica) se viu completamente impossibilitado de trabalhar, pois além da piora da doença nos membros ainda ficou cego.

Obra

Antes de contrair a doença degenerativa, Aleijadinho fez obras que são marcadas pela harmonia, serenidade e equilíbrio. Nessa época são conhecidas as obras da Igreja São Francisco de Assis e a Igreja Nossa Senhora das Mercês e Perdões, ambas da cidade de Ouro Preto.

Já com a terrível doença, sua arte começou a ter um tom mais expressionista. Com essa característica existe o conjunto de esculturas intitulados Os Passos da Paixão e Os Doze Profetas, da Igreja de Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas do campo (MG).

As obras de arte de Aleijadinho misturam três tipos da arte barroca: o clássico, o rococó e o gótico. Usou pedra-sabão e madeira para compor suas esculturas e outros projetos. Sua arte era valorizada, mas pouco naquela época. Somente na Semana de Arte Moderna de 1922 foi reconhecido merecidamente, pois a semana enfatizava a necessidade do reconhecimento dos artistas brasileiros.

Principais trabalhos artísticos de Aleijadinho

  • Fachadas nas igrejas São Francisco, em São João del-Rei, e Nossa Senhora do Carmo, em Ouro Preto.
  • Conjunto de esculturas do Santuário do Bom Jesus, em Matosinhos, com a conhecidíssima Os Doze Profetas.
  • Retábulos nas Igrejas São Francisco de Assis, Nossa Senhora do Carmo (ambas de Ouro Preto) e na capela-mor da Igreja de São Francisco (em São João del-Rei).

Fotos/imagens das obras de Aleijadinho

Nossa Senhora das Dores – Museu de Arte Sacra de São Paulo

Nossa Senhora das Dores

Igreja de São Francisco em Ouro Preto, com uma magnífica portada em pedra-sabão realizada pelo Aleijadinho.

Igreja de São Francisco em Ouro Preto

Anjo com o cálice da Paixão – Santuário de Congonhas

Anjo com o cálice da Paixão

Cristo carregando a cruz – Santuário de Congonhas do Campo

Santuário de Congonhas do Campo

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Nayla Georgia

SiteTwitterFacebook