95 dias. Madeleine. Será que o FINAL será triste?


Madeleine McCann

Depois de ler este artigo do site G1, onde é feito toda uma retrospectiva do caso do desaparecimento da menina inglesa Madeleine McCann, de apenas 4 anos. Não sei quem foi mais irresponsável: os pais – Kate e Garry MacCann – que deixaram uma menina mais dois filhos sozinhos num hotel, em um país que não era o deles; ou a administração do hotel, que foi falha ao permitir que alguém entrasse e saísse sem ninguém perceber, sendo ainda que, entrou um e saiu dois. Este complexo turístico não tem seguranças não?

Já faz 95 dias, desde o 3 de maio e até agora nada da menina. Milhões de dólares oferecidos por ela e ninguém, fora alguns falsários, se pronunciou dando alguma informação sobre o paradeiro dela.

O maior suspeito é um holandês chamado Robert Murat, mas até agora nenhuma prova há contra ele, e isto leva a policia a investigar também o circulo de amizades dos pais de Madeleine.

Uma má noticia é que no quarto do hotel, onde ocorreu o suposto seqüestro, foi encontrado sangue por cães farejadores. Criando a hipótese de a menina ter sido morta ali mesmo, e o corpo enterrado em algum lugar.

Os exames de DNA não provaram nada até agora. Quem sabe o sangue nem dela é, ou ainda pode ser que mesmo sendo dela, Madeleine ainda esteja viva.

E se o caso for mesmo de homicídio, que joguem todo o peso da morte dela nas costas da administração do hotel, pois além de deixar entrar qualquer um, deixou sair qualquer um com alguma bagagem. Bagagem esta que conteria… você sabe o quê.