22 de agosto: Dia do folclore


Folclore do BrasilDia 22 de agosto é a data oficial para comemoração do folclore, essa manifestação cultural que vêm reunindo pessoas de diversas partes do país, festejando suas crendices e tradições por meio de danças, jogos, e outras manifestações.

O interesse pelo saber e conhecimento dos povos surgiu na Alemanha do século XIX, iniciado pelos Irmãos Grimm, que descobriram a luta de espaço da cultura popular e erudita, de autoria elitista. Com o tempo, surgiu o termo folclore, que é composto das palavras Folk (povo) e Lore (saber), passando a ser o termo mundialmente conhecido que é hoje. Mesmo a ciência tendo explicado muitos dos estranhos fenômenos que geraram mitos, lendas e superstições, a ideologia de juntar música, culinária, artesanato, dança e fé continua até hoje, levando as mensagens de um povo ao mundo. O folclore não é apenas festa, ele serve para habituar e compreender o povo de uma terra, pois é possível compreender um povo conhecendo antecipadamente o seu folclore.

No Brasil, temos uma riqueza folclórica vasta, as regiões do país enriquecem a cultura com suas danças de baião, tambor, ciranda, frevo e carimbo, festas religiosas exaltando padroeiras locais, comidas típicas feitas com produtos da região entre outros aspectos.
A comemoração do folclore brasileiro é realizada em 22 de agosto, data oficializada pelo Congresso Nacional Brasileiro em 65, o que deu importância a cultura local. Escolas e centros culturais realizam atividades com objetivo de passar essa riqueza cultural adiante, transmitindo essas histórias aos jovens, que consequentemente passarão aos seus filhos, fazendo do folclore brasileiro uma herança.

Das manifestações folclóricas presentes no país, podemos destacar:

  • Bumba-Meu-Boi: é um culto ao boi em homenagem ao nascimento de Jesus Cristo, tendo sido trazido pelos escravos no século XVI.
  • Pastoril: de origem portuguesa, pastoras (mulheres) vestidas de azul e vermelho apresentam-se ao Menino Jesus. Comum no Natal.
  • Reisado: é uma espécie de encenação adaptada do nascimento de Cristo, contando a história dos gladiadores romanas e dos três reis magos.
  • Folia de Reis: também voltada a história dos três reis magos e sua visita ao menino Jesus, os participantes visitam amigos e família do dia 2 a 5 de janeiro, cantando, dançando e fazendo a arrecadação de donativos para a ceia da padroeira.
  • Maracatu: é um desfile de reis em forma de cortejo carnavalesco trazido da África.

Lendas

Para explicar acontecimentos, mistérios ou até mesmo mostrar o que é certo e errado as crianças, assim como assustá-las por não dormir cedo, comer doces demais, serem desobedientes e más alunas, as lendas continuam a persistir e são muitas vezes o foco de festas e comemorações.

Do folclore brasileiro, as lendas mais conhecidas são, o Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Mãe-d’água, lobisomem, curupira, boto e boitatá.